Body Modification.

Body Modification.


“As práticas de modificação corporal existem há milhares de anos, com as suspensões na Índia, as tatuagens na Oceania, as perfurações na Ásia e América, e escarnificações na África. Esses costumes tribais foram descobertos pelos marinheiros europeus no século XVI, mas ficaram marginalizados durante muito tempo. Na década de 60, houve uma valorização da cultura oriental e a tatuagem passou a ser mais popular. Já as perfurações e piercings começaram na década de 70, com os punks. Nos anos 90 até o começo do século XXI ocorreu uma explosão de estilos e práticas que deram origem ao movimento body modification.”

Achei muito interessante abordar esse assunto, porque é algo que nem todos aceitam e que gera muita polêmica.

Por incrível que pareça consegui essas imagens através de um site religioso que é contra a prática do Body Modification – Site.

Existe até uma Igreja de Modificação Corporal criada na virada de século por Steve Haworth em Phoenix (Arizona, EUA) e seus membros expressam sua fé através de tatuagens, piercings e afins.

Há quem diz que isso é doença mental, porém, eu acho que não tem nada haver..vai de cada um e sua forma de pensar.

Há gostos pra tudo nessa vida, e não é porque esse gosto não é igual ao seu ou que não se enquadra na sociedade, não significa que  seja ERRADO…na verdade, oque é certo e oque é errado?

Alguns exemplos de body modification:

Bifurcação da Língua.

Nossa..essa eu senti na alma ;x

Há aqueles que querem ser elfos…


Tipos variados de Piercings


Alargadores.


Escarificação

Loucuraa isso! ;x


Pocket

Até que é bonitinho 🙂



Implantes subcutâneos


Para quem achou legal, curioso, horrendo e afins.. vale a pena dar uma pesquisada, pois é um assunto bem bacana de se conhecer.


6 comentários sobre “Body Modification.

  1. É o tipo de coisa que me espanta! Não pensei que as modificações estavam nesse estágio! Não curto, mas quem sou eu para criticar? (Tenho uma tattoo na perna inteira), acho extremista demais pro meu gosto, mas… gosto é gosto e não se discute, certo? Dependendo do tipo de modificação que a pessoa faz, é um caminho sem volta, mas tem uns tipos engraçados. Se você curte vá ser feliz do jeito que acha melhor mas… não poderá dar bola para o que outros dirão à seu respeito, caso contrário, você travará uma luta todo santo dia… que saco…

  2. Absolutamente nada contra quem gosta e faz, é só não se tornar um babaca por conta disso que tá ótimo.
    Mas de uma forma bem bizarra, admiro a coragem – e a resistência à dor – da pessoa pra fazer isso..

  3. Eu sempre achei e continua achando que quem faz isso tem algum problema psicológico, mas que cada um faça o que quiser com sua vida nem que seja merdas como essas.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s