Indígenas contra Belo Monte.

Indígenas contra Belo Monte.

Indígenas estão indo atrás de seus direitos  de serem contra a construção da Usina de Belo Monte.

Todos nós sabemos o impacto gigantesco que isso acarretará na natureza, na cultura dos 14 mil indígenas que vivem no local formando 9 grupos étnicos, todos nós sabemos a mortalidade de milhares de animais que acontecerão..tudo isso pra quê? (R$)

Até a tal da “Licença Prévia” que NÃO EXISTE na legislação tentaram forjar para construir a máquina de destruição, mas não deu muito certo né?!? ADOREI!!!

Bem me lembro que quando nossa presidente Dilma estava se candidatando para o cargo da presidência, ela mencionou que lutaria pelo meio ambiente, que elaboraria leis para a conservação ambiental…mas não é desse jeito PRESIDENTE que você irá lutar a favor do meio ambiente, mas pensando bem..não passou de “lorota” para ganhar votos, pena que Marina Silva não tenha ganho.

ABAIXO ASSINADO CONTRA BELO MONTE.

Yahoo

“LONDRES (AFP) – Três líderes indígenas denunciaram nesta terça-feira, em Londres, o grave impacto para suas comunidades e o meio ambiente das gigantescas hidrelétricas projetadas na bacia do Amazonas, que segundo eles provocarão destruição, inundações e o deslocamento de milhares de pessoas.

“Estamos aqui para mostrar à comunidade internacional que não nos escutam e que o governo brasileiro está violando seriamente nossos direitos”, declarou Sheyla Yakarepi Juruna, representante da tribo Juruna no rio Xingu, no estado do Pará, onde está prevista a construção da hidrelétrica de Belo Monte, que seria a terceira maior do mundo.

Sheyla Yakarepi Juruna, o Almir Narayamoga Surui, líder da tribo Surui na região do rio Madeira, no estado de Rondônia, e Ruth Buendía Mestoquiari, presidente da organização Central Ashaninka do rio Ene, no Peru, concluem na capital britânica uma viagem de 10 dias pela Europa que passou por Oslo, Genebra e Paris.

No rio Madeira, afluente do Amazonas, há outras duas grandes hidrelétricas em construção. O governo brasileiro, que busca garantir a futura segurança energética do país, assinou um acordo com Lima para construir e operar seis hidrelétricas em território peruano, entre elas a de Paquitzapango nas terras dos Ashaninka.

Na quarta-feira, último dia da visita, os ativistas protestarão ao lado de membros de uma coalizão de organizações não governamentais britânicas diante do escritório londrino do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), principal fonte de financiamento dos projetos.”

4 comentários sobre “Indígenas contra Belo Monte.

  1. concordo com vc…, querem nos torna uma super potencia acima de qualquer custo.
    a Amazonia é o maior bem natural q o Brasil tem, isso tudo so por dinheiro riqueza?
    E o pior q sabemos q isso inclui sim poderes politicos; e q ninguem quer ver é q isso vai ter mta morte;… e o q mais vai vim adiante talvez uma querra civil, nao por que contra as drogas nosso queridos governadores movem exercitos para combater tanto q a corrupçao é salario mais digno deles………
    desculpa pelo desabafo!!!

  2. Possível solução de toda essa guerra gerada pela Usina Hidrelétrica de Belo Monte.

    Qualquer atividade que for ser realizada dentro do país, que cause grandes impactos, sejam quais forem, deve ser discutida e aprovada pelo Congresso Nacional, se a mesma envolver todo o país ou se ela estiver relacionada a áreas que estejam sobre os cuidados, proteção e administração da União. Caso não passe pelo Congresso Nacional, exorbita o poder regulamentar do País. Dependendo da gravidade, dos impactos e da possível comoção nacional do povo, o Congresso Nacional pode fazer jus de um plebiscito ou de um referendo (se for o caso).

    Dependendo do caso, o plebiscito e o referendo podem ser pedidos ao Congresso Nacional por meio de um abaixo-assinado vindo do povo, mostrando assim o ensejo do povo em ser ouvido e consultado sobre o tema tratado ou que irá ser tratado pelo Congresso Nacional.

    * Plebiscito é uma consulta ao povo antes de uma atividade ou projeto que vai ser discutido no Congresso nacional ou de uma lei ser constituída, de modo a aprovar ou rejeitar as opções que lhe são propostas.

    * Referendo é uma consulta ao povo após a lei ser constituída (atividade ou projeto), em que o povo ratifica (“sanciona”) a lei já aprovada pelo Estado ou a rejeita.

    A Usina Hidrelétrica de Belo Monte vai estar interligada ao Sistema Nacional de Energia Elétrica, ou seja, caso precise da energia dela para se distribuída pelo país, será usada e caso haja um problema de funcionamento nela, como ocorreu na Usina Hidrelétrica de Itaipu, todo o sistema energético do país pode ser comprometido ou deixa de funcionar (todo ou certa parte deste sistema) temporariamente, para evitar possíveis danos e sanar as falhas de tal Usina Hidrelétrica. Isso envolve diretamente a vida de todos os Brasileiros que depende da Energia Elétrica do Sistema Nacional de Energia Elétrica do país.

    Além disso, a construção da Usina Hidrelétrica de Belo Monte envolve Terras Indígenas que estão sobre os cuidados, proteção e administração da União.

    Resumindo:

    Basta o povo se organizar e fazer um abaixo-assinado pedido ao Congresso Nacional que seja feito um Referendo, para que o povo possa ser consulta. No referendo, o povo irá ratificar (“sancionar”) a lei já aprovada de autorização da Construção de Belo Monte ou rejeitar a mesma.

    “A natureza é fonte inesgotável de saber e vida. Quem a destrói comete o genocídio dos pensamentos e ensinamentos que foram dados por ela.”

    (Cientista e Pensador Herbert Alexandre Galdino Pereira)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s